Buscar
  • JulianaToazza

Não compare a sua balança com a do lado!

Na maioria das primeiras consultas que realizo percebo que há uma obsessão por parte dos pacientes com o peso marcado na balança. Para eles é quase como um marcador fiel dos seus resultados e tudo gira em torno desse valor. Para mim esse valor isolado significa nada. Isso mesmo, nada além de “peso”.


👉Durante o dia podemos ter variação de 2 kg no peso, pois ele vai depender se você está retendo líquido, se está constipada ou com diarreia, acúmulo de glicogênio muscular, variação normal do dia… Isso se estivermos falando da mesma balança e se ela estiver calibrada.

Para exemplificar que isso não tem relação com o fato de engordar (ganhou gordura e não peso) e emagrecer: você pode ter ganho 2 kg a mais e ter emagrecido, pois esses quilos podem ser músculos, ou ter perdido 2 kg e ter engordado, pois pode ter perdido massa magra.


❗Peso não é composição corporal! Duas pessoas podem ter o mesmo peso e ter uma composição corporal totalmente diferente. Uma delas pode ter o percentual de gordura normal e a outra elevada e ter o mesmo peso.


Eu incentivo meus pacientes a só se pesarem no momento da consulta, para não ficar obcecado com esse parâmetro. Então não deixe que o peso seja um fator determinante para sua motivação, disciplina ou sucesso. Mantenha a constância e tenha outros parâmetros para acompanhar a composição corporal.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo